A imprensa esportiva chilena ressaltou hoje que a seleção “reencontrou seu futebol” graças à dupla Jorge Valdivia, ex-jogador do Palmeiras, e Alexis Sánchez, e que as jogadas de ambos foram decisivas para a goleada de 3 a 0 no amistoso contra a Zâmbia, na noite de quarta-feira.

Alexis Sánchez marcou dois gols e Valdivia, um. Este último, na opinião de alguns jornais do país, tem vantagem na disputa contra Matías Fernández pelo comando da seleção na Copa do Mundo da África do Sul.

O técnico do Chile, o argentino Marcelo Bielsa, ressaltou depois do jogo que ambos possuem “grandes condições” de ocupar o posto. Em resposta, as publicações de Santiago expressaram sua preferência por Valdivia, apesar da discreta atuação dele e da equipe no primeiro tempo.

“Dois gênios e pronto”, destaca o periódico ‘El Mercurio’, que compartilhou com outros veículos a opinião de que Gonzalo Fierro, meia do Flamengo, além de Roberto Cereceda e Rodrigo Tello, tiveram momentos bons e ruins em campo e que um dos três não embarcará para a África do Sul.

Já o jornal “La Tercera” inclui Jean Beausejour como destaque pelo desempenho da equipe no segundo tempo, quando Sanchez e Valdivia marcaram os três gols, e concluiu que, sem dúvida, “o Chile com time completo é outra coisa”.

O periódico “La Nación” ignorou a hipótese de Bielsa tirar Fierro e colocou que a maior utilidade do amistoso é a de facilitar a escolha do técnico.

No diário “Las Últimas Noticias”, uma ênfase foi dada aos gritos de reprovação do técnico a Marco Estrada, Fierro e Tello durante o jogo, além do destaque a Sánchez e Valdivia.

Sem mais artigos