A eliminação para o Corinthians na semifinal do Campeonato Paulista e a queda na Copa do Brasil após a acachapante goleada de 6 a 0 sofrida diante do Coritiba incendiaram o ambiente interno no Palmeiras. O estopim da crise pode ter ocorrido neste sábado, por meio das polêmicas declarações do presidente Arnaldo Tirone a alguns integrantes do grupo, com destaque para o chileno Valdivia.

A entrevista divulgada no Jornal da Tarde e no jornal O Estado de S.Paulo rapidamente revoltou os torcedores alviverdes e chegou aos ouvidos do próprio meia chileno. O “Mago” agradeceu o apoio do público e desafiou Tirone, deixando claro que pretende calar as críticas com boas atuações pelo Verdão. “Só quero me recuperar logo, jogar, corresponder e ajudar, essa e a minha função como jogador de um grande time!! Valeu pelo apoio. Espero retribuir esse grande carinho dentro de campo! Além das pessoas, o que há de ser respeitado é o clube!! E a minha (retribuição) vai ser na bola”, disse via twitter.

O mandatário alviverde chegou a salientar que a contratação de Valdivia pela gestão anterior do clube foi um péssimo negócio. Além disso, desabafou a respeito da vida noturna do meia e chegou a propor ao São Paulo uma troca entre o chileno e o atacante rival Dagoberto. 

Sem mais artigos