O meia Valdivia, expulso da partida entre Palmeiras e Corinthians, rejeitou fazer qualquer tipo de juízo em relação à atitude de Jorge Henrique, que deu um “chute no ar” no final da partida. Aliás, o chileno não poderia criticar uma jogada que virou a sua marca registrada.

“Na minha opinião, (o lance) é normal, eu mesmo cansei de fazer, prefiro não falar muito. Mas é aquela coisa: assim como eu sou criticado quando faço, é preciso ter o mesmo tratamento”, cobrou.

O jogador ainda reclamou do rigor do árbitro Wilson Luiz Seneme.

“Se tivesse quebrado um nariz, cortado a boca, mas ele (Jorge Henrique) levantou em dez segundos”, destacou o chileno.

Sem mais artigos