O tênis brasileiro voltou a ser motivo de questionamento essa semana após a dura derrota para a Índia fora de casa que acabou mantendo o Brasil fora da elite da Copa Davis. Em entrevista ao Portal Virgula, a ex-tenista Vanessa Menga não poupou críticas a postura durante os duelos do último fim de semana.

“Falta muita garra e foco, quando jogamos uma Copa Davis ou Fed Cup, precisamos suar ‘sangue’ porque estamos representando o nosso Brasil”, disse a ex-tenista ao ser questionada sobre o que falta para os brasileiros voltarem para a elite.

Além de alertar para a falta de garra dos brasileiros, Menga também cogitou a hipótese de Gustavo Kuerten ou Meligeni assumirem grandes cargos na Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

“Tanto o Guga com o Fininho, ficaram indignados com a nossa derrota e com razão. Eles têm capacidade técnica sem sombras de duvida para comandar. Será que eles topariam? O tênis brasileiro ganharia muito com isso”, falou Menga.

Para finalizar, a ex-atleta comentou que a tendência é aumentar cada vez mais a pressão para o retorno brasileiro para a elite da Copa Davis, o que não acontece desde 2003. “A pressão sempre existe ainda mais nesse caso. Pressão de todos os lados”, completou a musa do tênis brasileiro.

Contra a Índia, o Brasil chegou a abrir 2 a 0 no confronto na sexta-feira (17). No entanto, sábado (18) e domingo (19), os brasileiros perderam os três jogos e não conseguiram o acesso.

Sem mais artigos