Um dos mais famosos nomes do mundo do MMA, Don Frye disparou contra Dana White, presidente do UFC. Segundo o Predador, como era conhecido, o dirigente rouba os lutadores da organização.

“O que se faz lá é um crime. Você vê alguns atletas ganhando dois ou três mil dólares, enquanto Dana White se gaba de ter 30 Ferraris. Ele cobra cerca de 150 mil dólares dos patrocinadores para exporem suas marcas nos calções e camisas dos lutadores, e só repassa a eles dois ou três mil dólares? Isso é roubar os atletas”, disse em entrevista ao programa de radio “Savage Dog Show”.

Aos 46 anos, Frye era considerado um dos lutadores mais agressivos do Pride e lutou no UFC até a décima edição. Em seu cartel, o americano conta com 20 vitórias e nove derrotas.

“Muita, de verdade. Eu me diverti muito. Os fãs são fantásticos. Mas o fato é que Dana White acabou com o esporte. Sendo mais específico, ele acabou com o esporte para mim. Eu pensei: “Por que deixo um idiota como esse ditar os rumos da minha vida e me tirar toda diversão dela? Passei a ignorá-lo e seguir adiante. Eu poderia voltar ao octógono se quisesse, só para provar que ele não acabou com o esporte. Mas prefiro ignorá-lo e tocar a minha vida”, completou.

Sem mais artigos