A Fórmula 1 está muito perto de ter um quarto piloto com quatro títulos ou mais, depois que o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) venceu neste domingo (22) o Grande Prêmio de Cingapura com facilidade e aumentou a diferença para os concorrentes na luta pelo título do Mundial.

Pole position no Circuito de Marina Bay, Vettel só viu a liderança ameaçada na largada, quando foi atacado pelo compatriota Nico Rosberg. Porém, o tricampeão mundial resistiu à investida do piloto da Mercedes e a partir daí abriu frente para subir ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez na temporada.

Com Vettel disparado na frente, a corrida teve emoção nas voltas finais nas brigas atrás do líder. Alguns pilotos optaram por fazer uma volta a menos e chegaram ao fim da prova com pneus muito desgastados, enquanto outros, com compostos mais novos, conseguiram ultrapassagens importantes.

O pódio teve ainda o espanhol Fernando Alonso (Ferrari), vice-líder do Mundial e um dos que terminaram a prova praticamente “sem pneus”, em segundo lugar, e Kimi Raikkonen (Lotus), em terceiro. O finlandês teve grandes dificuldades, já que largou apenas em 13º e ainda teve que lidar com fortes dores nas costas

Por sua vez, o brasileiro Felipe Massa (Ferrari), que escolheu a tática de uma parada nos boxes a mais, ganhou várias posições na parte final do GP e cruzou a linha de chegada em sexto.

Sem mais artigos