O Villarreal não deixou barato o ato de racismo de um de seus torcedores com o lateral Daniel Alves, no último domingo (27), durante a vitória do Barcelona por 3 a 2, no Estádio El Madrigal, e publicou um comunicado criticando o ocorrido em campo (clique aqui e relembre o caso envolvendo o brasileiro).

“Como esportistas, um dos valores que mais nos preocupamos em cuidar e promover é o respeito à equipe adversária, ao árbitro e à torcida rival”, escreveu o clube na rede social.

“É uma pena ver que um ignorante é capaz de fzer algo tão lamentável. Não cabe no mundo do esporte e ainda menos dentro de nossa casa #NoAlRacismo”, completou a equipe espanhola.

Porém, apesar da mensagem de repúdio, que teve mais de 500 compartilhamento, o Villarreal corre o risco de ser punido pela Real Federação Espanhola de Futebol. O árbitro da partida Fernández Borbalán citou o caso na súmula, que será analisada pela entidade.

Sem mais artigos