Em entrevista ao Diário de S. Paulo, Kátia Bagnarelli, viúva do ex-jogador Sócrates, falecido no último domingo, afirmou que planeja organizar um evento para homenagear o marido no estádio do Pacaembu, como uma forma de realizar um último desejo: ser enterrado em São Paulo, ao lado da torcida.

Segundo ela, a família preferiu uma cerimônia reservada, em Ribeirão Preto: “a vontade dele deveria ter sido respeitada. Ele gosta do povão e queria fazer sua despedida com torcedores e todas as pessoas que o amam”, afirmou a viúva.

Ela tem a ideia de fazer um evento no estádio municipal com a ajuda do Corinthians, que tenha música e a torcida presente. “O Sócrates queria muito uma celebração com os torcedores. Ele tinha certeza de que o Corinthians seria campeão no domingo. Precisa ter música, os amigos dele podem cantar e tocar”, afirmou. A ideia, segundo Bagnarelli é que nomes como Zico e Fágner estejam presente e também seja realizada uma missa campal de sétimo dia com o Padre Marcelo Rossi.

Sem mais artigos