Hoje no São Caetano, o volante Fabinho, que teve passagens por Corinthians, Santos e Cruzeiro, lamentou a morte do amigo Jancarlos, lateral direito que foi vítima de um acidente de carro na madrugada deste sábado (23).

Segundo informações enviadas pela assessoria de imprensa do atleta do time do ABC, ele chorou muito à noite após ser avisado por seu assessor sobre o acidente, custando a acreditar.

“Faltam palavras até para esbravejar. O que fica são as boas lembranças e uma dor imensa de não ter tido a oportunidade de dizer adeus. Vai na fé e com força guerreiro”, desabafou Fabinho.

O jogador ainda postou em seu Facebook a letra da música Vida Passageira, da banda Ira!, em homenagem a Jancarlos.

A esposa de Fabinho, Gabriela, também lamentou bastante o ocorrido e relatou um caso curioso acontecido um dia antes da morte do lateral.

“Meu filho mais novo de um ano mexeu no meu celular e ligou para ele sem querer um dia antes (quinta-feira). A ligação caiu e ele ligou de volta. Conversamos sobre as famílias, ele perguntou dos meninos e eu das meninas deles. Não dá para acreditar, estamos muito tristes”, falou.

Amigos desde que se conheceram em Belo Horizonte, em 2008, Fabinho e Jancarlos se reuniam com suas respectivas famílias em quase todas as folgas. Os dois também atuaram lado a lado no Bahia, em 2011.

O acidente aconteceu na BR-040, próximo a Petrópolis, no Rio de Janeiro. Seu carro caiu em uma ribanceira e ele foi retirado do carro já sem vida. Aos 30 anos, Jancarlos estava sem clube.

Sentre os seus principais títulos, destacam-se o Campeonato Brasileiro de 2008 pelo São Paulo, além dos Campeonatos Cariocas de 2002 (Fluminense) e 2010 (Botafogo), o Mineiro de 2009 (Cruzeiro) e o Paranaense de 2005 (Atlético).

Volante Fabinho lamenta a morte do amigo Jancarlos: 'Faltam palavras'

Sem mais artigos