O suíço Stanislas Wawrinka venceu neste domingo (26) seu primeiro título de Grand Slam ao vencer Rafael Nadal por 3 sets a 1 (6-3, 6-2, 3-6 e 6-3), em duas horas e 21 minutos, na final do Aberto da Austrália, onde o espanhol jogou visivelmente afetado por uma lesão nas costas.

Apesar desse inconveniente, Nadal foi capaz de ganhar o terceiro set, e lutar até o final, após receber massagens no vestiário e duas vezes sobre a quadra.

Apesar desta vantagem, Wawrinka várias vezes se viu pressionado pela obrigação de fechar a partida quando se encontrava em uma situação de domínio perante o tenista número um do mundo, a quem finalmente conseguiu demolir com seus pontos de saques diretos, 19 no total.

No quarto set, Wawrinka quebrou duas vezes o serviço de Nadal, controlou melhor seus nervos e confirmou sua vitória de forma mais fácil e contundente.

Com o triunfo de hoje, com a qual rompe uma sequência de 12 derrotas e nenhuma vitória sobre Nadal para conseguir o sexto título de seu currículo, Wawrinka ultrapassará pela primeira vez seu compatriota Roger Federer no ranking mundial, e aparecerá como terceiro do mundo na segunda-feira, com 5.710 pontos, enquanto Federer descerá à oitava colocação.

Nadal, que buscava seu 14º título de Grand Slam, com o que teria igualado o americano Pete Sampras para se transformar no terceiro jogador na história a ganhar duas vezes cada um dos quatro principais torneios do circuito, seguirá em primeiro, com 14.330 pontos, uma grande vantagem em relação ao sérvio Novak Djokovic, segundo, com 10.620 pontos.

Sem mais artigos