Depois de ter conquistado o primeiro título de Grand Slam da carreira ao vencer o espanhol Rafael Nadal na final do Aberto da Austrália neste domingo (26), o suíço Stanislas Wawrinka foi perguntado se participaria da Copa Davis na próxima semana e preferiu responder em tom de brincadeira e mostrar que está mais preocupado em comemorar o feito realizado em Melbourne.

“Não sei se acabarei esta noite vivo, há grandes chances de eu ficar bêbado. Mas estarei lá”, brincou Wawrinka, que revelou ter recebido um telefonema do compatriota e amigo Roger Federer.

“Não liguei para muitas pessoas depois do jogo, só para minha mulher e minha filha. Minha irmã e Roger (Federer), sim, me ligaram”, contou.

“Roger é um bom amigo e, para mim, o melhor jogador. É incrível, e um amigo fenomenal porque sempre quer o melhor para mim”, disse Stan, que antes da final revelara ter recebido uma mensagem de incentivo do ex-número 1 do mundo.

Wawrinka ainda fez um balanço do torneio e disse que não esperava voltar para casa com o troféu porque não se sentia preparado para derrotar os primeiros colocados do ranking.

“Para mim, foi uma grande surpresa jogar tão bem. Vencer Rafa, mesmo com a lesão dele. Bater Djokovic nas quartas e Berdych nas semifinais… É um pouco uma loucura o que aconteceu porque não esperava vencer um Grand Slam. Eu acreditava sempre que não era suficientemente bom para vencer esses sujeitos”, finalizou.

Sem mais artigos