Um dos jogadores com maior ligação com o Barcelona, mesmo não atuando mais pela equipe catalã, o volante Yaya Touré, atualmente no Manchester City, disse em entrevista à rádio RAC-1 que não irá comemorar caso marque um gol contra seu ex-clube, no jogo de volta da Liga dos Campeões, na próxima quarta-feira (12), às 16h45 (horário de Brasília), no estádio Camp Nou.

“Não irei comemorar por respeito. As pessoas sempre me apoiaram muito ali, não posso comemorar. Eu só posso agradecer a essa torcida, pois no Barcelona eu aprendi a ganhar”, disse o volante.

Já sobre o primeiro jogo das oitavas de final, vencido pelo Barcelona por 2 a 0, na Inglaterra, em partida marcada pela arbitragem, Touré disse que a superioridade dos espanhóis fez a diferença.

 “É normal que haja uma decepção, mas um vencedor tem que tirar coisas positivas. Se o adversário jogar melhor, temos que dizer. O Barcelona foi melhor e é claro que por isso eles ganharam”, disse.

Sobre um suposto interesse do Real Madrid em seu futebol, o volante rechaçou a possibilidade e diz que não se vê jogando no maior rival do Barcelona. “Sou culé e não irei jogar lá”, finalizou.

Sem mais artigos