O jovem zagueiro Gustavo Valezi, do Bragantino, de apenas 22 anos, faleceu de câncer na manhã desta segunda-feira (28). O atleta lutava contra a doença há dois anos e estava afastado do clube para tratamento desde o início do ano. A morte ocorreu no Hospital do Câncer, localizado na capital paulista.

Em nota divulgada no site oficial do clube, que por pouco não voltou à elite do futebol nacional, o presidente Marco Chedid lamentou o falecimento prematuro de Gustavo. “Perdemos um ótimo menino e um grande jogador. Apostávamos muito no seu talento, e a notícia me pegou de surpresa, me deixando muito triste. Agora temos que dar conforto espiritual para seus familiares e rezar para que ele descanse em paz”, frisou.

Gustavo chegou a fazer duas cirurgias, uma delas na cabeça, ao longo do período do tratamento. Há cerca de dois meses perdeu a capacidade de andar. Durante todo o tempo de afastamento, o zagueiro teve todo o amparo da diretoria do Bragantino, a quem ele agradeceu um dia antes da morte. “A mãe dele me disse que ontem ele pediu para agradecer o apoio que o presidente Marco Chedid, do Bragantino, deu a ele durante todo este período que a doença o pegou”, disse o amigo Adriano Spadoto.

Sem mais artigos