A assessoria de imprensa da participante Raissa confirmou, nesta sexta-feira, pelo Instagram da modelo, que entrará com um processo judicial contra os peões de A Fazenda que “abusaram psicologicamente” dela.

O texto não cita nenhum participante em específico, mas fala em ‘psicofobia’. “Em tempos em que tanto se fala sobre saúde mental, pouco se reflete sobre a psicofobia. A psicofobia acontece quando pessoas com transtornos mentais são tratadas com negligência e tidas como “loucas””.

Leia abaixo a íntegra do documento:

Diante dos fatos que vem ocorrendo na “A Fazenda” envolvendo a participante Raissa Barbosa, no qual os demais participantes de forma abusiva, desproporcional e ilegal afrontam seu estado emocional, moral e sua saúde, cumpre destacar que no momento oportuno serão adotadas as medidas cabíveis, tendo em vista as disposições dos artigos 186, 187 e 927 do código civil brasileiro.

Em tempos em que tanto se fala sobre saúde mental, pouco se reflete sobre a psicofobia. A psicofobia acontece quando pessoas com transtornos mentais são tratadas com negligência e tidas como “loucas”.

Sabemos que a Raissa está em um reality, sendo sujeita a julgamentos e a situações desgastantes como qualquer um, mas nada justifica comentários que desrespeitam não só a ela como pessoa, mas a todos aqueles que sofrem com condições psiquiátricas similares. Foram ditas tantas palavras pesadas na noite de ontem que sequer gostaríamos de réplica-las aqui, mas tudo está sendo visto, ouvido e gravado.

Não queremos que a Raissa receba “tratamentos especiais”, mas o respeito e a dignidade que ela merece. Portanto, esse tipo de atitude não pode passar despercebida.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Comunicado Assessoria de Imprensa Raissa Barbosa (CO Assessoria de Imprensa) @cacauoliver Diante dos fatos que vem ocorrendo na “A Fazenda” envolvendo a participante Raissa Barbosa, no qual os demais participantes de forma abusiva, desproporcional e ilegal afrontam seu estado emocional, moral e sua saúde, cumpre destacar que no momento oportuno serão adotadas as medidas cabíveis, tendo em vista as disposições dos artigos 186, 187 e 927 do codigo civil brasileiro. Em tempos em que tanto se fala sobre saúde mental, pouco se reflete sobre a psicofobia. A psicofobia acontece quando pessoas com transtornos mentais são tratadas com negligência e tidas como “loucas”. Sabemos que a Raissa está em um reality, sendo sujeita a julgamentos e a situações desgastantes como qualquer um, mas nada justifica comentários que desrespeitam não só a ela como pessoa, mas a todos aqueles que sofrem com condições psiquiátricas similares. Foram ditas tantas palavras pesadas na noite de ontem que sequer gostaríamos de réplica-las aqui, mas tudo está sendo visto, ouvido e gravado. Não queremos que a Raissa receba “tratamentos especiais”, mas o respeito e a dignidade que ela merece. Portanto, esse tipo de atitude não pode passar despercebida.

Uma publicação compartilhada por RAISSA BARBOSA (@raissabarbosaoficial) em

Sem mais artigos