Monique Evans, de 57 anos, participou na manhã desta quinta-feira (24), do programa Hoje em Dia. Na atração, a ex-modelo, diagnosticada com transtorno de personalidade limítrofe, também conhecido como borderline, falou sobre seu estado emocional.

“Acho que eu nunca fui amada por ninguém. Acho que minha mãe me ama muito, meu filho, acho que ele me ama, mas não completo. Ele me ama, mas… (chora). Ele tem reservas. Bárbara(Evans) fala que me ama muito, mas é um amor ainda muito imaturo, ela ainda vai ter de amadurecer para saber o que é amar de verdade, mas eu nunca vou cobrar isso dela”, disse Monique, no programa.

A ex-modelo foi internada recentemente após tentar suicídio. “Eu só queria ter um alívio, é só o que você sente. Quando tomei o remédio pedi a Deus que ele me acolhesse. Sabia que ele ia estar me esperando no portão, que eu não ficaria perdida. Ele sabia o que eu estava sentindo. Tomei um remédio, depois outro e depois tomei todos os outros, mas não achei mais que aquilo fosse me matar”, disse ela.

Monique foi diagnosticada com transtorno de personalidade limítrofe, também conhecido como borderline. Trata-se de um desvio caracterizado pela instabilidade de humor, de relacionamentos interpessoais, da imagem que a pessoa tem de si mesma e do comportamento.

Sem mais artigos