Aguinaldo Silva voltou atrás e resolveu se desculpar por ter criticado Ivete Sangalo que fará o papel de Maria Machadão, em Gabriela. Em seu Twitter, ele escreveu que torcia para ela cantar uma de suas músicas e depois sair “com dignidade” de cena. Nesta quinta-feira (26), ele escreveu em seu blog as razões de suas críticas e porque se arrependeu de ter atacado a cantora.

“Fui infeliz no comentário feito no Twitter sobre a futura performance de Ivete Sangalo como Maria Machadão em Gabriela. Mas senhores do júri, antes de me condenarem à fogueira, por favor, me ouçam, que eu tenho um atenuante… Morro de ciúmes da Maria Machadão de Eloisa Mafalda [a da versão original]; e se tivesse de selecionar dez performances inesquecíveis em telenovelas nos últimos 37 anos, esta certamente estaria na lista. Essa grande atriz, que deixou a televisão, mas faz muita falta, fez de Maria Machadão, na minha modestíssima opinião, uma personagem capaz de passar a humanidade inteira com um simples alçar de suas sobrancelhas. Sua performance foi maior que a vida…”, escreveu o autor de Fina Estampa.

E emendou: E por isso, só por isso (mil perdões, Ivete!), é que este seu fã ardoroso gostaria que Maria Machadão fosse sempre ela. Mas agora os tempos são outros. Assim, eu venho aqui, muito humildemente, retirar o que disse sobre Ivete, ainda mais depois de constatar o quanto ela ficou linda como Maria Machadão… Tão linda que, de todas as mulheres do Bataclan, seria a mais requisitada se Gabriela fosse a vida real e não uma novela”.

Sem mais artigos