O ator Alexandre Borges, que interpreta o mulherengo Cadinho, na novela Avenida Brasil, da Rede Globo, afirmou em entrevista à coluna Outro Canal, da Folha de São Paulo, publicada no domingo (4), que Cadinho não é um vilão e nem merece um final trágico. 

“Não sei qual será o final do Cadinho, mas ele não quer magoar ninguém. A verdade é que Cadinho vive o paraíso e o inferno dos homens. Ele tem de rebolar para dar conta dessas três mulheres”, declarou, referindo-se ao envolvimento do personagem com Nôemia (Camila Morgado), Verônica (Débora Bloch) e Alexia (Carolina Ferraz). 

Para o jornal, Alexandre Borges diz que, da mesma maneira que Cadinho, tem que se dividir em três nas gravações. “Gravo em horários diferentes com cada uma das atrizes”, afirma. “Quando uma sai e entra a outra, começo de novo, do zero. Me dedico ao máximo a cada uma delas. Acho que entendo o Cadinho”, brincou.   

Sem mais artigos