Amber Heard e Johnny Depp estão brigando na justiça

Reprodução Amber Heard e Johnny Depp estão brigando na justiça

O processo de divórcio entre Amber Heard e Johnny Depp, que parecia resolvido, parece ter se complicado mais uma vez. A atriz e modelo acusa o ex-marido de atrasar propositalmente a documentação que confirma a separação legal dos dois.

“Ele parece estar estendendo o processo com intenção de me punir”, disse ela em documento enviado à corte que cuida do caso. “Eu quero a minha vida de volta. Quero esse divórcio agora”, pediu ela, que trata o caso como tortura psicológica por parte do astro, que já foi acusado de tê-la agredido no ano passado.

Além disso, segundo a mídia internacional, Johnny Depp não estaria cumprindo alguns acordos previamente selados, como o pagamento dos advogados de Heard e alguns outros valores que não foram depositados em dia.

Os advogados de Depp chegaram a acusar Amber de querer dar continuidade ao assunto apenas para estender seus “15 minutos de fama”, ao que os representantes da modelo responderam: “caso eles estiverem interessados no acordo e não em dar continuidade ao processo, ele já teria se esforçado em pagar tudo o que deve e assinado os documentos que faltam para o divórcio chegar ao fim”. Os dois foram casados por 14 meses.

Sem mais artigos