Amor à vida, novela das 9 da TV Globo

Ninho (Juliano Cazarré) e Paloma (Paolla Oliveira)

Durante o sequestro de Paulinha (Klara Castanho), arquitetado por Félix (Mateus Solano) e comandado por Ninho (Juliano Cazarré), Alejandra (Maria Maya) irá mostrar sua verdadeira face.

Depois de matar um homem com uma machadada na frente de Paulinha que pedia socorro para o desconhecido, sua próxima vítima será Ciça (Neusa Maria Faro), a enfermeira que também foi sequestrada junto com a filha de Paloma (Paolla Oliveira).

Paulinha fiz para seu pai biológico e sequestrador que adoraria dar uma volta pela praia e tenta fugir. Alejandra culpa a enfermeira. “Eu sei perfeitamente que foi você, velha maluca, que botou a ideia de fugir na cabeça da Paulinha. Mas se pensa que vai sair dessa, tá muito enganada. Você tentou me prejudicar. Mas é descartável”.

A vilã leva a enfermeira até um penhasco e Ciça implora: “Pelo amor de Deus, tenha piedade…”. Mas Alejandra a empurra e ela cai em direção ao mar.

Ao voltar para o cativeiro, a boliviana ameaça Paulinha: “E aí, já tá com saudade da Ciça?” A menina fica desesperada e pergunta por Ciça. Alejandra diz: “O que eu faço com qualquer pessoa que atrapalha os meus planos? Você lembra o que aconteceu com o cara da estrada, não lembra?”.

A menina fica acuada e Alejandra dispara: “Pois é, eu vim aqui só pra te avisar que eu não peguei a foto do Bruno (Malvino Salvador) à toa. Se tentar fugir de novo, se aprontar mais alguma pra cima de mim, se não fizer direitinho o que eu disser, eu mando dar um jeito no seu pai. Entendeu, garota? Não brinca comigo, porque as minhas brincadeiras são bem mais perigosas que as suas”.

O que Alejandra não sabe é que Ciça não morreu, ela é salva por um pescador.

Amor à Vida: Depois de matar um homem, Alejandra joga Ciça de um penhasco

Sem mais artigos