Sem conciliação! Pilar (Susana Vieira) e César (Antonio Fagundes) resolvem a partilha dos bens e o fim do casamento no tribunal. E a grande questão é o hospital San Magno que César quer somente para ele, em Amor à Vida, de Walcyr Carrasco.

O médico quer o comando do hospital, pois a instituição é o seu bem mais valioso, tem valor familiar e sentimental. Ele acaba fazendo um apelo emocional para Pilar que fica comovida com suas palavras e promete repensar sua posição e talvez deixar o hospital para o patriarca da família Khoury.

Félix (Mateus Solano) fica desesperado ao saber que sua mãe está inclinada a deixar o patrimônio nas mãos de seu pai. Mas na hora H, Pilar muda de ideia.

“Eu estava comovida pelas palavras do César. Pelo seu pedido para manter o hospital em suas mãos. Eu parei e pensei. O César teve um filho, pode ter até mais. Os meus filhos podem ser esquecidos na partilha do hospital. Eu tiraria o que é deles se cedesse ao pedido do César. Portanto, Excelência, eu insisto que o hospital seja dividido entre eu e o meu ex-marido. Em nome dos meus filhos!”, conclui.

O juiz decide então pela partilha de metade dos bens para Pilar, para desespero de César.

Sem mais artigos