As franjas entraram na passarela novamente – dessa vez, na coleção do estilista André Lima, apresentada no último dia da SPFW, terça-feira. Elas, no entanto, foram utilizadas de forma bem diferente daquela usada por Fábia Bercsek.

Lima, que se inspirou em países hispânicos e também na sensualidade da cantora Cher (a dos anos 70), fez muitas saias rodadas, enormes e folgadas. Os vestidos seguiam essa linha, bem esvoaçantes, com magas gigantescas.

Os modelos eram bem coloridos – a cartela de cores incluiu cor-de-rosa, azul, roxo, amarelo, laranja, vermelho e marrom. A variedade grande de cores apareceu tambpem nos lenços que enfeitavam as cabeças de algumas das modelos – com estampas coloridas e chamativas.

As listras apareceram sozinhas ou combinadas com outras estampas, formando contrastes bem interessantes. Um certo toque indígena ficou por conta de brincos de penas e vestidos de tricô bege, com franjas curtas e cinto amarrado.

O destaque da coleção ficou com o tricô: o trenchcoat pesado se opunha à leveza das outras peças e o vestido em bege e roxo tinha franjas compridíssimas.

Sem mais artigos