A atriz americana Angelina Jolie visitou na última sexta-feira (17), os refugiados sírios em acampamentos instalados na província turca de Hatay, perto da fronteira com a Síria, na qualidade de embaixadora da Boa Vontade da ONU.

Angelina foi recebida na pequena cidade de Altinozu com gritos de alvoroço dos refugiados.

Na semana passada, cerca de 10 mil sírios se concentraram nesta região fronteiriça fugindo da brutal repressão do regime de Bashar al Assad.

Numa das tendas de campanha do acampamento onde tinha um cartaz com os dizeres “Embaixadora da Boa Vontade do Mundo, seja bem-vinda”, a atriz presenteou as crianças, conversou com elas e distribuiu brinquedos e frutas.

O prefeito de Altinozu, que acompanhava a atriz na visita, disse ao canal turco de televisão “NTV” que Angelina cumprimentou o público em árabe e depois falou com ajuda de um intérprete ao visitar as tendas de campanha, onde abraçou as crianças. Depois, a atriz visitou os refugiados feridos em um hospital móvel.

As autoridades turcas tomaram estritas medidas de segurança durante a viagem de Angelina e a polícia não permitiu que os jornalistas se aproximassem dela, tanto durante o trajeto do aeroporto até Altinozu, quanto durante a breve visita dela pelo acampamento.

Fãs da atriz que esperavam no aeroporto de Hatay, província limítrofe com a Síria, foram mantidos a distância.

Angelina Jolie, embaixadora da Boa Vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), viajou de Malta a Hatay em um avião particular que transportava os presentes para as crianças refugiadas.

As autoridades locais de Antakya, principal cidade de Hatay, considerada um antigo centro da cristandade, ofereceram à equipe de Angelina uma visita ao museu local e outros lugares de interesse, mas todas as sugestões foram rejeitadas.

A visita da atriz americana aos campos de refugiados sírios na Turquia durou cerca de quatro horas. 

Sem mais artigos