Perguntou besteira? Não se preocupe, o Tom Hardy vai dar um jeitinho para você sair como o ridículo da história. Mas calma lá, gente! Apesar da cara de mau, principalmente depois que o moço viveu o herói anti-clichê de “Mad Max: Estrada da Fúria”, Tom só dá umas rasteiras em quem realmente merece. Sabe por quê? Porque ele apenas não é obrigado!

Nessa terça-feira, dia 15, Tom Hardy completa 38 anos de muita fanfarronice e uma sinceridade que funciona quase como um tapa na cara dos inconvenientes e absurdos. Nessa semana mesmo, aliás, Tom precisou ser bem direto com uma jornalista que viajou bonito durante uma coletiva de imprensa.

A galera tá dando uns pitucos sobre a vida amorosa do rapaz, já que ele sempre detestou qualquer rótulo de machão, afirmando ser um dos caras menos masculinos de Hollywood. Se ele gosta de meninas, meninos, os dois ou nenhum deles, ninguém tem nada a ver com isso, né? Mas a jornalista insistiu e o Tom Hardy ficou bolado.

A cara de “WAT?!” do Tom Hardy

“Do que você tá querendo falar?”, ele indagou. A moça insistiu, e novamente o Tom precisou perguntar o que ela queria dizer. Por fim, ela perguntou ao ator se ele achava que era difícil para as celebridades falar da própria sexualidade. “Eu acho que não. Você quer falar da minha sexualidade? Por quê?”. A moça não contava com essa e ficou completamente sem resposta. “Obrigado!”, foi tudo o que o Tom disse por fim.

Claro que essa não foi a primeira vez que o cara conseguiu detonar os haters com maestria. Quem não se lembra daquela coletiva de imprensa clássica, quando perguntaram ao Tom Hardy se ele não se questionava por que existiam tantas mulheres em um filme de “macho” como “Mad Max”. Mais uma vez, a gente captou aquele expressão de “WTF” na cara dele.

“É óbvio que… Não?”

Outra coisa muito legal sobre esse muso tem a ver com seu posicionamento em relação às mulheres. Apesar de ser gentil e cavalheiro, como a própria esposa do Hardy afirmou em entrevista à revista Elle, ele luta ao nosso lado. “Ele sempre sai em defesa das mulheres, o tempo todo”, explicou a também atriz Charlotte Riley. Derreteu o nosso coração!

É bem provável que aquela conversa lá em cima da jornalista sobre a sexualidade de Tom tenha a ver com a maneira como ele enxerga as questões de gênero. Para ele, não tem essa de “tarefa de homem” ou “tarefa de mulher”. Em 2010, numa entrevista para o Globe, Tom Hardy falou sobre a sua tatuagem de Maria com uma criança, que ele fez depois do nascimento de seu filho Louis.

“Tem a ver com o fato de eu ter me tornado um pouco mãe, já que saí cedo de casa e precisei assumi esse papel. Eu tenho uma mãe, e ela é incrível, mas essa tatuagem é sobre eu conseguir ser um pouco mãe para os meus pais e para o meu filho, e para mim mesmo também”, explicou ele. Maduro sim ou com certeza?

Mas a cereja do bolo fica com esse furo de reportagem que a gente te dá de bandeja agora. Além de ser um cara pró-feminismo, mente aberta, sincerão e VIRGINIANO (um pouco difícil de lidar, mas ok), o Tom Hardy é definitivamente um cara apaixonado por cachorros. Existe até um Instagram zoeiro dedicado a essa característica marcante do cara, chamado @tomhardyholdingdogs.

Prepare-se para uma explosão de fofura:

Sem mais artigos