O casamento entre Nicolas Cage e Erika Koike durou apenas 4 dias, mas o episódio ganhou mais um capítulo nesta semana. Segundo informações do site TMZ, a ex-mulher do ator entrou na Justiça para solicitar uma pensão alimentícia.

De acordo com documentos obtidos pelo portal, Koike alega ter perdido oportunidades na carreira durante seu namoro com Nicolas Cage e que sua reputação foi prejudicada com o casamento e término relâmpago. Ela também afirmou que 12 dias após o término, o próprio ator a procurou para que eles começassem de novo “no caminho certo”. Sem vontade de reatar, Erika também quer que ele pague pelos honorários.

O casamento entre Nicolas Cage e Erika Koike aconteceu em 23 de março de forma repentina em Las Vegas. Quatro dias depois, o ator pediu a anulação do matrimônio e afirmou que assinou os papeis de união reagindo “por impulso e sem a capacidade de reconhecer ou compreender o impacto total de suas ações”. Ele também disse que o casamento foi baseado em uma fraude.

Antes de Erika, com quem começou a namorar em abril de 2018, Nicolas Cage foi casado também com Alice Kim , Lisa Marie Presley e Patricia Arquette.

Sem mais artigos