A novela Em Família mal terminou, mas Guilherme Leicam já deixou para trás Laerte e está totalmente focado em seu novo trabalho como Gustavo em Alto Astral. Em entrevista para o jornal O Globo, deste sábado (26), ele comentou esse momento de transição de um personagem para outro.

Antes de dar vida ao nadador na trama que substituirá Geração Brasil, prevista para estrear em novembro, o ator mudou o visual para se desvincular da imagem do protagonista da novela de Manoel Carlos, o qual deu vida na segunda fase da história, quando o músico ainda era jovem.

“Cortei meu cabelo para ver se consigo fazer o Laerte morrer na realidade também!”, disse o ator, de 24 anos, referindo-se ao fim trágico do personagem interpretado por Gabriel Braga Nunes na terceira fase da novela.

Apesar do pouco tempo que esteve no ar na pele do flautista, o resultado foi positivo para a carreira de Guilherme: “Sem dúvida, Laerte foi o personagem mais complexo que já fiz. Ele rompeu com essa imagem de galã que às vezes é projetada sobre mim. Manoel Carlos me deu a oportunidade de mostrar que sou um ator. Um ator iniciante, é verdade, mas um ator. Tenho certeza de que, a partir de agora, terei mais chances para mostrar minha versatilidade”.

Ele ainda completou sobre seu novo personagem: “Gustavo será meu primeiro vilão clássico, porque não considerava Laerte um vilão típico. Porém, eu e Jorginho (Jorge Fernando, diretor de Alto Astral) temos conversado muito e explorado todas as matizes para colorir o personagem”.

Sem mais artigos