Após uma semana da estreia do BBB 13, Ariadna, a primeira eliminada do programa do ano passado, fez algumas críticas à nova edição do reality show da TV Globo, na tarde desta terça-feira (15) em seu Twitter. Depois de voltar de um retiro espiritual, ela ainda não conheceu os novos participantes e explicou porque não gostou da escolha de alguns veteranos.

“Não é novidade pra ninguém que a Fani e a Natália sempre foram as queridinhas do Boninho. As duas são minhas amigas. Amo de paixão a Nat e gosto muito da Fani. Mas, desde o começo, quando amigos me perguntavam, a única certeza que eu dava a eles é que as duas iriam entrar. Nada contra elas. Mas, vocês que votaram e perderam tempo no paredão retrô, foram um bando de babacas…”, escreveu a ex-BBB em sua página na rede social.

Ela continuou comentando a respeito e elogiou uma das participantes veteranas: “Maroca, como eu gosto dessa baiana arretada… Não que as outras não mereciam. Mas acho que das três é a que mais merecia”.

Já sobre Eliéser, que participou da mesma edição de Anamara, em 2010, ela argumentou: “É um rapaz muito bacana. Gosto muito dele. Tive o prazer de conhecer e também acho que foi uma escolha legal. Só acho que deveriam diversificar as edições”.

Mas as severas críticas sobraram para os vencedores de 2001 e 2003: “Agora, por favor, colocar o Bambam? Dhomini? Que já ganharam o prêmio? Muita falta de imaginação do todo poderoso”.

“E por último, meu querido Yuri. Um rapaz de ouro, muito maneiro que conheci e gostei muito dele. Mas acho que deveria ser a última opção. Acabou de participar do BBB 12 e voltar no 13, não teve graça. Teria mais ibope o Daniel Rolim (BBB 11) segurando no coqueiro de volta”.

Sem mais artigos