Jim Carrey é um ator, e dos bons. Firme discípulo da escola do eterno ator e comediante Jerry Lewis e suas feições hilariantes, o ator completa 51 anos nesta quinta-feira (17) e o Virgula Famosos juntou as melhores caras e caretas deste canadense que realmente não nasceu com o software da vergonha instalado em seu hard drive.

Começou sua carreira fazendo shows de stand-up comedy em locais pequenos e foi crescendo, fazendo amigos aqui e ali. Com seu nome tendo mais notoriedade, foi chamado para atuar.

Comédias e mais comédias fizeram a base do início da carreira de sucesso de Jim, como Debi e Lóide, Ace Ventura e O Máskara, todas lançadas em 1994. Porém, ele sentiu necessidade de, talvez, completar sua trabalho em Hollywood com dramas, e até filmes de ação, quando interpretou o vilão Charada em Batman Eternamente (1995).

Logo após os relativos sucessos O Pentelho (1996) e O Mentiroso (1997) veio O Show de Truman – O Show da Vida (1998) que lhe rendeu excelentes críticas, um Globo de Ouro de melhor ator e uma reviravolta em sua carreira, já que poucos acreditavam que Carrey seria capaz de surpreender atuando em um papel dramático.

Seu segundo Globo de Ouro veio um ano depois em O Mundo de Andy, na qual ele vive o protagonista Andy Kaufman. Personagem real, Andy foi um ator que se esforçou para interpretar todo tipo de papel diferente, e a atuação de Jim, ora em forma de comédia, ora em forma dramática, deixou óbvio o talento que orgulha aquele símbolo do teatro, com uma máscara triste e outra feliz, juntas, grudadas.

Pudemos rir bastante com os hilários Eu, Eu Mesmo e Irene (2000) e, depois da virada do século, Todo Poderoso (2003) e Desventuras em Série (2004), que contava também com Meryl Streep e Jude Law.

Quem já assistiu Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças (2004) e viu Jim Carrey com aquele olhar perdido, devaneador e triste, pôde com certeza perceber que este sim é um ator de muitas qualidades. Não esqueçamos também do thriller Número 23 (2007), em que ele vive um homem obcecado com esta sequência numérica e vê sua vida desabar.

Neste meio tempo, o canadense protagonizou as comédias As Loucuras de Dick e Jane (2005) e, depois, Sim Senhor! (2008), mostrando que, para ele, fazer comédia é como andar de bicicleta.

Com agora mais de meio século de vida, este ator alcançou o sucesso com um público mais voltado à comédia. Não satisfeito, partiu para outros gostos, outros valores. Vê-se aí, uma pessoa incansável em busca da realização pessoal. Sem nunca esquecer suas caras e caretas.

Veja na galeria acima as melhores caras e caretas de Jim Carrey!

Sem mais artigos