A modelo Ashley Graham

Instagram/Reprodução A modelo Ashley Graham

Ser um símbolo de beleza e sensualidade feminina sendo uma modelo plus size é, por si só, uma luta diária contra o machismo. Mas Ashley Graham não se contenta apenas com essa responsabilidade. A diva da moda faz questão de lembrar histórias traumatizantes do passado para mostrar como é possível vencer as barreiras dos padrões sociais.

Em entrevista ao jornal The New York Times, a morena de 29 anos contou que, quando era adolescente, seu namorado a largou ao descobrir que ela vestia o mesmo número que a mãe. “Foi quando eu tomei consciência que sou uma mulher grande e que é assim que sou vista pelas pessoas”, afirmou ela.

Hoje casada com o cinegrafista Justin Ervin e uma das modelos mais requisitadas do mundo, Graham disse que a experiência causou traumas, mas também lhe deu forças para assumir suas formas físicas e se tornar inspiração para outras mulheres. “Eu sei que estou criando o caminho para a próxima geração de garotas e elas não precisarão passar por muito do que passei. É o que espero”, apostou.

 

Sem mais artigos