Assassino de Christina não era de Orlando

Twitter/Reprodução Assassino de Christina não era de Orlando

A polícia de Orlando, na Flórida, revelou neste sábado (11) a identidade e alguns detalhes sobre o homem que atirou e matou Christina Grimmie, ex-participante do The Voice, após um show que ela fazia na cidade.

De acordo com os policiais, Kevin James Loibl, de 27 anos, nem é de Orlando, e foi até a cidade com o único objetivo de matar a cantora, descartando a possibilidade de ela ter sido atingida por uma bala perdida. Ele estava armado com dois revólveres e uma faca de caça. Outras duas pessoas atingidas por seus disparos sobreviveram.

Ainda segundo os oficiais, detetives investigam o caso e buscam o celular e computador do assassino para descobrir o que motivou o crime. A polícia acredita que Kevin, que acabou se matando, tinha planos de voltar para sua cidade.

Christina Grimmie foi atingida por atirador e não resistiu

Divulgação Christina Grimmie foi atingida por atirador e não resistiu

Christina Grimmie foi assassinada na madrugada de sábado, após fazer um show em Orlando, nos Estados Unidos. Ela atendia alguns fãs com autógrafos e selfies quando um homem sacou dois revólveres e começou a atirar contra ela e seu público. No The Voice dos Estados Unidos, a cantora participou da sexta temporada, compondo o time de Adam Levine e terminando em terceiro lugar.

Sem mais artigos