Recentemente Paris Jackson ganhou a atenção da mídia após uma notícia de que ela teria tentado se matar. Posteriormente surgiu um rumor que indicavam que a filha de Michael Jackson queria apenas aparecer na mídia e outro, ainda mais estranho, que afirmava que a causa da tentativa de suicídio da garota era a proibição de ir a um show do Marilyn Manson.

Menos trágico mas também estranho é o atual comportamento de Amanda Bynes. A atriz de 27 anos foi recentemente presa por porte de maconha após a polícia receber uma denúncia de vizinhos de que ela estava descontrolada em seu apartamento. A partir daí, deu-se início a uma série atitudes descabidas. Ela colocou uma peruca para ir a delegacia, denunciou uma tentativa de assédio sexual descartada pela polícia e, como se não fosse o bastante, usou o Twitter para disparar ofensas a Rihanna e Miley Cyrus.

Também um ídolo teen, Justin Bieber perdeu um pouco da noção das consequências de  seus atos. Os fãs que se indignaram com a imagem do astro com um cigarro supostamente de maconha, provavelmente não imaginaram que isso seria apenas uma de suas polêmicas. O cantor tem o costume de dirigir em alta velocidade nas ruas de condomínio, já cuspiu na cara de um vizinho que reclamou de sua imprudência, disse que esperava que Anne Frank fosse uma fã sua e ainda reclamou das críticas recebidas. Em um desabafo no Instagram, ele disse que quem tinha problemas era Lindsay Lohan, não ele.

Por falar em Lindsay, o comentário de Bieber não foi um exagero. A atriz atualmente cumpre uma pena de três meses de reabilitação, após dezenas de infrações que recebeu, entre elas, de dirigir bêbada. Aliás, a clínica em que ela estava, Betty Ford Center, já recebeu outros pacientes ilustres.

O centro sem fins lucrativos já recebeu astros do cinema como Drew Barrymore, Tony Curtis, Robert Downey Jr – que já passou por lá várias vezes -, e até mesmo Elizabeth Taylor, que foi reincidente, recorrendo à clinica em 1983 e em 1988. Ela morreu em 2011 em decorrência de uma parada cardíaca, aos 79 anos de idade.

Músicos também marcaram presença na clínica, como a cantora Stevie Nicks, da banda Fleetwood Mac, que chegou a usar cocaína em supositórios para não estragar ainda mais suas vias nasais. Ozzy Osbourne e Johnny Cash, conhecido pela seu vício em anfetaminas e barbitúricos, também estiveram por lá.

Sem mais artigos