Mocinhas diferentes de novelas

Débora Falabella como Nina em

A novela Avenida Brasil da TV Globo está fazendo um tremendo sucesso, atingindo altos índices no ibope e ficando constantemente entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. A rivalidade das personagens Nina, interpretada por Débora Falabella, e Carminha, na pela da atriz Adriana Esteves tem dividido a torcida do público.

Isso faz com que a novela de João Emanuel Carneiro fuja da ideia de “vilão x mocinha”, típica das teledramaturgias, onde todos torcem pela bela moça/moço acabe com as maldades do rival, conquiste seu amor e sejam feliz para sempre.

Na trama, Rita, que se tornou Nina com o passar dos capítulos, era a menininha pobre que sofreu com as maldades de sua antiga madrasta, cresceu, ficou rica, bonita e poderia apenas lutar pelo seu amor de infância, Jorginho, vivido por Cauã Reymond, enaltecendo seu papel de mocinha da história.

Mas não! Ela preferiu se dedicar apenas a sua sede de vingança, mesmo que isso a fizesse perder “o homem de sua vida”, se igualando no quesito maldade à vilã. Aos poucos, o público foi mudando a direção dos olhares e percebendo que as personagens não são nem boas, nem más, são apenas humanas.

Além dessa personagem, algumas outras atrizes viveram papéis de mocinhas diferente do padrão “fazer apenas o bem e lutar pelo grande amor”. Pensando nisso, o Virgula Famosos selecionou 10 mocinhas de novelas que fugiram do padrão.

Veja na galeria acima quem são elas e saiba quais motivos as levaram para a lista!

Assim como Nina de Avenida Brasil, veja quem são as atrizes que viveram mocinhas de novelas fora do padrão!

Sem mais artigos