Beatriz Segall criticou Carminha, de Avenida Brasil (2012), vivida por Adriana Esteves, durante uma palestra sobre sua vilã Odete Roitman, de Vale Tudo (1988), que realizou nessa terça-feira, na Casa do Saber, no Rio de Janeiro. De acordo com informações do jornal O Globo, desta quinta-feira (16), ela contou que assistiu a trama de João Emanuel Carneiro e comentou: “Aquela menina fez o esforço grande, mas o problema é que todo mundo quer ser Odete Roitman”.

A atriz ainda elogiou a novela de Gilberto Braga e disse que a trama ajudou a mudar o país: “Vale Tudo teve uma influência enorme no impeachment de [Fernando] Collor. Foi a primeira novela a mostrar a corrupção e falar verdades sobre o Brasil”.

Além disso, Beatriz fez críticas aos atores da nova geração: “No meu tempo, celebridade era coisa séria. A gente procurava ser ator de prestígio. Essa meninada da TV não vai ao teatro, não lê”.

Beatriz Segall critica vilã de Avenida Brasil: 'Todo mundo quer ser Odete Roitman'

Sem mais artigos