O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, foi aplaudido ao chegar em sua residência na cidade de Arcore, região da Lombardia, para onde se dirigiu após receber alta médica do hospital San Raffaele, em Milão.

“[Berlusconi] Me abraçou e me agradeceu, dizendo que está à disposição. É um homem formidável”, disse o prefeito de Arcore, Marco Rocchini, após ver o chefe de Governo italiano.

Rocchini comentou também que o encontrou “bastante abatido”, mas “é um homem muito forte”.

O primeiro-ministro italiano deixou hoje o hospital San Raffaele, onde estava internado desde o último domingo, quando sofreu uma agressão após um comício. Em frente à casa do premiê, havia uma faixa com o dizer “Bem-vindo”.

Berlusconi foi agredido pelo italiano Massimo Tartaglia, 42, que lançou contra o rosto do premier uma estatueta de ferro do Duomo [catedral] de Milão. Ele fraturou um osso do nariz, quebrou dois dentes e feriu o lábio superior.

Antes de ir para casa, o chefe de Governo italiano fez uma parada no dentista. Em uma intervenção cirúrgica, de cerca de quatro horas, o doutor Massimo Mazza tratou dos dois dentes danificados.

Berlusconi é recebido em casa com aplausos

Sem mais artigos