Depois de noticiada que Bianca Rinaldi iria deixar a TV Record e já estava negociando com a Globo, a atriz resolveu esclarecer nesta segunda-feira (11), via Facebook, o que realmente estava acontecendo do seu ponto de vista. Ela também rebateu em seu Twitter críticas que a chamavam e mercenária.

“Queridos, sobre o meu presente e o meu futuro, gostaria que vocês soubessem por mim e não por alguns meios de imprensa ou fanáticos, que gostam de distorcer os fatos, criando situações e constrangimentos bem desagradáveis. Antes de mais nada, quero deixar claro que a Record sempre me tratou muito bem. Desde 2004, fiz ótimos trabalhos e sempre com muito carinho. Sei que visto a camisa da emissora como poucos e como já disse, a Record é uma extensão da minha casa”, começa o texto da atriz na rede social.

E continua, elencando o que realmente aconteceu. “Estes são os fatos reais: O meu contrato atual, vai até 31 de julho deste ano e tem uma extensão automática de mais um ano, caso eu esteja fazendo uma novela. Como eu já estava oficialmente escalada para fazer Pecado Mortal com início em maio agora, e as condições apresentadas pela Record para renovar por mais 6 anos (5+1) não vinham ao encontro dos meus interesses, pedi para adiarmos a conversa sobre a renovação, pois não vejo a necessidade de renovar agora e estou no meio de um trabalho, que é José do Egito e como eu disse, já escalada para a próxima. Infelizmente não foi do interesse da Record esperar e eu só poderia fazer a novela Pecado Mortal, se renovasse agora. Então, decidi não renovar. É apenas isso”.

“A Record de forma alguma, me impôs menos do que ganho, como alguns mal informados estão espalhando por aí. O ajuste, depois de quatro anos, foi dentro do previsto por lei. Valores, tempo de vigência, condições extras, são componentes de qualquer contrato, a serem discutidos e uma negociação só acontece, se as duas partes estiverem dispostas a ceder. Infelizmente, como não houve essa possibilidade, decidi que o melhor seria dar um tempo. Quanto ao futuro, o que tenho garantido é um contrato com a Record até 31/7/2013. Depois disso, a Deus pertence. Espero que isto esclareça tudo e continuarei sempre contando com o apoio de vocês”.

Ao ser acusada de mercenária no Twitter, a atriz respondeu na noite de domingo (10): “Meu contrato vence no dia 31 de julho e tem ainda uma extensão de mais um ano caso eu esteja fazendo uma obra. Eu esperava poder fazer a novela do querido amigo Carlos Lombardi com o meu contrato atual e sem ajustes. Mas a emissora não aceitou. Por isso quando dizem que sou mercenária, estão equivocados. Eu propus fazer Pecado Mortal com o meu contrato atual. Sem ajustes. É mercenária?”

Sem mais artigos