Bruna Marquezine balançou o começo da semana ao ser flagrada com o ex de Kourtney Kardashian, Younes Bendjima, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Mas não, ela não o conheceu no aplicativo de relacionamento ‘para ricos’ Raya. A atriz brincou com a notícia e afirmou que, apesar de já ter tido uma conta, ela está desativada “há anos”.

“Estou aqui na minha saga do aeroporto e acabei de ler que parece que eu estou num aplicativo para ricaços”, disse a atriz nos Stories, nesta quarta-feira (17), referindo-se a uma notícia publicada por Fábia Oliveira em O Dia. Nela, a colunista afirma que Bruna conheceu o modelo através de um aplicativo em que o usuário precisa comprovar ter US$ 1 milhão na conta para ser aceito.

Presa no aeroporto, ela utilizou o tempo para desmentir o boato. “Eu já ouvi falar, não só ouvi, eu já tive esse aplicativo há muito tempo, para ver qual que era a desse aplicativo”, revelou. Mas completou, rindo: “nunca encontrei ninguém”.

Em relação à suposta quantia exigida na conta bancária, Bruna disse que na sua época não era necessário comprovar nada, “glória a Deus”. “Você é convidado por um amigo e eles analisam seu Instagram, se eles gostarem você pode entrar”, explicou.

A atriz alertou: “se você cruzou comigo, não sou eu. Eu nem tenho mais essa conta”.

“Eu não estou em aplicativo nenhum. Poderia? Poderia! Porque não está fácil”, brincou. Ela afirmou que sua conta foi desativada há anos e, nem quando estava ativa, rendeu um date, “nunca saí com ninguém que conheci no aplicativo. Nunca nada!”

Sem mais artigos