Em Família, novela de Manoel Carlos, Bruno Gissoni interpreta novamente um filho adotivo. Ele é André, adotado por Dulce (Lica Oliveira), mas a rejeita, pois ela é negra e a diferença de pele ressalta, na visão do personagem, que ele não seu filho biológico.

Este é o terceiro trabalho de Gissoni que emendou três novelas e em todas interpretou um filho adotivo. Em Avenida Brasil (2012), ele era o filho mimado Iran, jogador de futebol. Já em A Flor do Caribe (2013), ele era o pescador muito racional e lógico Juliano. Ambos eram adotado assim como André de Em Família.    

Sobre seu novo personagem, Bruno explica para o jornal Extra: “Ele tem uma relação tumultuada com a mãe, Dulce. André não digere bem o fato de ter sido rejeitado pelos pais biológicos. E como é filho de coração de uma mulher negra, a diferença de cor faz com que a adoção fique mais explícita. Isso o incomoda. Se tivesse sido adotado por uma mulher branca, a dor da rejeição ainda estaria dentro dele, mas aos olhos dos outros poderia se passar por filho biológico”.

Sem mais artigos