Luana Piovani

Luana Piovani falou um pouco sobre a educação de seu filho mais velho, Dom, de 5 anos. A atriz é casada com o surfista Pedro Scooby, com quem tem dois outros filhos, os gêmeos Liz e Bem, de 2 anos.

Em uma live com seus seguidores no Youtube, Luana falou que mudou de atitude em relação a Dom. “Quero contar algo que me deixou muito feliz comigo mesma. O Dom, quando o Pedro não está aqui, fica me testando demais. Ele fica muito grudado em mim quando está sem o companheirão dele, porque o Pedro é meio colega. Eles ficam o dia inteiro se divertindo no pula-pula, na piscina. E, quando o Pedro não está, sobra um pouco mais para mim”, contou.

Luana Piovani e Dom

Reprodução/Instagram Luana Piovani e Dom

“E acho que para o Dom chamar a atenção, ele fica me testando. Fica o tempo todo querendo ir adiante do limite. E eu já contei para vocês que dou uns tapas na bunda, puxo uma orelha, pego num braço mais forte e tal. E aí, ele vinha vindo, vinha vindo, e eu tapa na bunda, chamando a atenção, educando, brigando, falando: ‘não faz isso! cuidado’. Eu acho que, no terceiro tapa na bunda que eu tive que dar nele, me deu uma canseira e tocou um sino na minha cabeça”, disse.

Luana afirmou que acabou notando que dar “tapas na bunda” do filho não adiantava muita coisa. “Tocou meu famoso sino, eu acordei desse transe, olhei para o Dom e falei: ‘cansei, Dom! Cansei de te dar tapa na bunda, de puxar sua orelha, cansei de puxar seu cabelo, cansei de dizer que você tá errado, de você me desobedecer, cansei de ver você mostrando a língua pra mim. Cansei disso tudo. Não vou mais bater em você, nunca mais”, relembrou.

Luana Piovani, Pedro Scooby e os filhos Dom, Liz e Bem

Reprodução/Instagram Luana Piovani, Pedro Scooby e os filhos Dom, Liz e Bem

“Não vou, porque você tá me testando tanto, que, se eu te bater o tanto que você está desobediente, eu vou acabar tendo que te machucar. E eu não quero! Você é meu filho, eu sou sua mãe e eu te amo muito. Agora, eu vou ser obrigada a tomar outro tipo de atitude com você. Subi com ele pro quarto dele. Ele odeia ficar sozinho. Tranquei ele no quarto dele. Pedi pro Bem e pra Liz saírem. Deixei ele ali por duas horas. De castigo”, contou.

Piovani disse que o castigo foi muito mais efetivo do que os tapas que dava antes. “Nem preciso dizer que, no final, ele já estava: “mãe, me bate!”. Mas aí, quando ele já estava nesse lugar, que já era um pouco desespero, subi e conversei com ele. E, agora, é esse o castigo. E ele virou uma ovelha. Foi a melhor coisa que eu fiz. Ele me perguntou porque eu não ia mais bater nele. Eu disse que é porque me faz muito mal. Cada vez que eu dou um tapa na sua bunda, eu fico triste, porque eu te amo. Eu preciso te ensinar a ser uma pessoa bem-educada. É meu papel”, finalizou.

Sem mais artigos