Carla Bruni, a esposa do presidente francês, Nicolas Sarkozy, vai denunciar uma revista por ter publicado sem autorização fotos suas em avançado estado de gestação.

Carla processará a revista Gala, que publicou fotos da primeira-dama francesa tiradas em 14 de julho em Côte D’Azur, onde o presidente tem uma casa de veraneio, segundo informou, nesta quinta-feira (21), a emissora de rádio Europe 1.

Em sua última edição, a revista traz a esposa de Sarkozy na capa com o título “Carla: primeiras confidências de uma futura mamãe” e destaca que as fotos que exibe são “inéditas”.

No entanto, segundo relatou nesta quinta-feira a emissora de rádio Europe 1, as fotos foram fruto de uma cobertura do jornal Var-Matin, que depois foram distribuídas por uma agência a seus clientes. 

Sem mais artigos