Esqueçam aquela menininha que interpretou a Maria, de Chiquititas em 1998, ou a Khadija, de O Clone em 2001, pois a atriz Carla Diaz está completando 22 anos, nesta quarta-feira (28), e já deixou as bonecas de lado há muito tempo.

Para selar essa nova fase, ela realizou um ensaio sensual para a revista Vip, em 2011, que deixou muita gente de queixo caído e surpreso com a mudança. Mais madura com seus 20 anos de carreira, ela interpretou recentemente a personagem Márcia, na novela teen Rebelde, da TV Record, que chegou ao fim, em outubro deste ano.

Em entrevista exclusiva ao Virgula Famosos, ela contou sobre seus novos trabalhos, relembrou momentos de sua carreira e sobre o ensaio que a apresentou para o público como “a Carla de hoje”, como ela mesmo diz.

Saiba o que ela disse:

Virgula FamososComo pretende comemorar a chegada de seus 22 anos?

Carla Diaz – Vou comemorar fazendo o que eu mais gosto, gravar! Estou rodando um filme e hoje estaremos gravando numa boate, acabei descobrindo que também será uma festa surpresa para mim, ou seja, estarei realizada trabalhando e depois ficarei junto dos meus amigos, das pessoas que amo.

Agora com o fim de Rebelde, quais são os novos projetos de trabalho?

No momento, estou rodando um filme que foi um grande convite e um presentão de aniversário. Também entrei numa turnê pelo Brasil com o meu espetáculo Um Chorinho Pra Dona Baratinha, o qual estou atuando e estreando como produtora! Graças a Deus, meus sonhos estão se realizando profissionalmente, na TV, no teatro e no cinema, estou fechando o ano com chave de ouro.

E no teatro, como tem sido sua experiência como produtora na peça Um Chorinho para Dona Baratinha?

Esta sendo uma experiência maravilhosa, única. Ainda estou aprendendo já que é minha primeira produção, mas descobri uma nova paixão e que esta sendo um sucesso!

O que você busca ainda em sua carreira?

Busco mais oportunidades para continuar com o que me faz tão feliz que é atuar! Hoje faço 22 anos de idade e 20 de carreira e, ao longo desse tempo, fiz muitas personagens e de grandes sucessos, mas sei que ainda sou muito nova, que tenho muito a aprender e quero ficar velhinha fazendo diversas personagens nesse universo tão mágico.

Qual a sua relação com a personagem de O Clone, Khadija?

A Khadija foi um presente do Jayme Monjardim e da Glória Perez. Uma novela de grande sucesso que me mostrou para o mundo todo com a sua repercussão. Pude ter a oportunidade de apresentar vários lados de uma menina esperta, que amava sua família, que teve muitas artimanhas ao longo da história e que também passou por momentos muito difíceis, emocionantes, sem falar no lado cômico. Uma personagem que foi o divisor de águas na minha vida e que até hoje as pessoas lembram dela, não somente pelo bordão e sim porque foi muito rica em todos os sentidos. Pintei meu cabelo de preto na época, aprendi o árabe, os costumes marroquinos e também a dança do ventre, que ainda pratico. Pude mostrar com O Clone e com outras novelas depois o que vim fazer nesta vida. Só tenho que agradecer.

Você se incomoda com as pessoas sempre lembrando seus trabalhos da infância, dizendo “nossa, como você cresceu”?

Claro que não me incomodo, é natural que as pessoas se espantem hoje, me viram desde criança na TV, acompanharam várias fases e personagens minhas. Isso só me mostra o carinho que o público tem por mim.

Sentiu alguma diferença do público após realizar o ensaio para a revista Vip?
Foi um momento que as pessoas viram a Carla de hoje, muitos ainda me tinham na cabeça como criança, então puderam perceber que o tempo passa para todos nós! (risos)

Sem mais artigos