Capa da edição de abril da revista Gol Linhas Aéreas Inteligentes, Cauã Reymond comentou como a força do trabalho da minissérie Amores Roubados eclipsou as fofocas de que o ator estava tendo um caso com Isis Valverde e esta seria a razão de sua separação com Grazi Massafera.

“Aconteceu a coisa mais incrível com Amores Roubados. Nas duas semanas em que a minissérie foi exibida, as fofocas pararam. A ficção que nós criamos para a TV foi mais forte que a novela que inventaram para minha vida”, disse o ator sobre os boatos de seu caso com Isis Valverde, quando ele ainda era casado com a mãe de Sofia.

Ele também revela que nunca acreditou no mapa astral que sua mãe, a astróloga Denise Reymond, fazia para ele: “Minha mãe sempre me falava do meu mapa, ela dizia que eu tinha tudo para ser ator, mas eu não levava fé, porque nunca tive esse desejo. Mas na época do retorno de Saturno, quando estava com uns 28 anos, fui fazer o mapa com o Cid, e tudo fez sentido. Hoje eu ouço mais a minha mãe”.

Ele também conta porque prefere se envolver e participar de filmes mais alternativos: “A novela já cumpre a função de falar com um grande público, é um blockbuster em termos de dimensão. No cinema, gosto de falar com nichos reduzidos, porque, em relação a meus gostos, eu também faço parte de um grupo pequeno”.

Sem mais artigos