Cauã Reymond falou sobre sua filha Sofia, de um mês, de seu relacionamento com Grazi Massafera, em entrevista para o caderno Ela, do jornal O Globo, publicada no site nesse sábado (30).

O pai se enche de alegria ao falar sobre um momento marcante: “A hora que sai da barriga é espetacular. Achei que ficaria nervoso, dizem que os homens desmaiam nessa hora, mas foi ótimo”. Além disso, ele diz já ter um presente para entregar para a filha futuramente: “Fiz um poema quando soube da gravidez. Eu estava embarcando para El Salvador, e escrevi no voo. Vou ler para ela quando ela puder entender”.

Fazendo sucesso como Jorginho, na novela Avenida Brasil, o ator conta como costuma lidar com a fama: “O Jorginho é realmente singular na minha trajetória na TV, é meu primeiro protagonista em novela das oito e estou trabalhando com um monte de gente que está arrebentando. Tento manter os pés no chão. Aprendi a lidar com o público já no meu primeiro trabalho (Malhação, em 2002), quando era campeão de cartas. Fiz sucesso muito novo e isso duplicou também porque me envolvi — eu até não queria que isso saísse na matéria, embora seja verdade —, com uma pessoa que fazia sucesso na época (Alinne Moraes) e depois me envolvi com outra mulher (Grazi Massafera) que também faz muito sucesso. Tudo isso me faz não levar a fama muito a sério”.

Sem mais artigos