A primeira-dama da França, Carla Bruni, parece não ter agradado o diretor Woody Allen em suas cenas gravadas para a nova comédia romântica do cineasta, Midnight in Paris. A notícia dada nesta quarta-feira (08) pelo jornal inglês Daily Mail, contraria a entrevista dada pelo veterano ao jornal italiano Corriere della Sera ao dizer que a bela foi muito profissional nas gravações.

Segundo o site do tabloide, a atuação da bela teria sido considerada péssima e Allen precisou refilmar todas as cenas em que ela participou. A escolhida teria sido a atriz Lea Seydoux, de apenas 25 anos. Até as cenas em que a primeira-dama aparece muda foram cortadas do longa.

“Lea é indiscutivelmente uma estrela, e se parece muito com Carla quando era mais jovem”, declarou uma fonte ao site. “Apesar de ter um apelo comercial muito maior com a primeira-dama no filme, Lea é uma atriz muito mais completa. Ela fará com que as pessoas se apaixonem pelo filme”, completou.

Sem mais artigos