César (Antônio Fagundes) mandou Félix (Mateus Solano) arrumar outro lugar para morar depois de descobrir que o filho desviou e embolsou uma grana violenta dos cofres do San Magno. Entretanto, os conflitos entre pai e filho em Amor à Vida estão longe acabarem.

O médico ataca o filho na frente da família e faz com que o executivo admita a todos o que fez. Félix tenta amenizar a situação e diz que não roubou nada, apenas superfaturou os contratos com os fornecedores para tentar montar uma empresa de silicone, já que o pai nunca lhe deu nada.

“Naquele hospital, sempre estive sob as suas ordens. Então, pensei: vou montar a minha própria empresa, ganhar muito dinheiro e mostrar que posso ser presidente do San Magno”, diz Félix, tentando contornar a situação.

César ironiza a explicação do filho e o humilha falando que ele não é homem como ele e nunca seria presidente do hospital. “Eu te desprezo. Você não passa de um ladrão!”, diz ele.

Félix então chora muito, entendendo que vai mesmo precisar sair de casa. Pilar (Susana Vieira) ainda avisa que, se ele não ir embora, César pode colocá-lo na cadeia por causa da auditoria que rolou no hospital.

Sem mais artigos