Charlie Sheen é portador do vírus HIV

Reprodução Charlie Sheen é portador do vírus HIV

Charlie Sheen revelou ser portador do vírus HIV no final de 2015 e, desde então, tem sido alvo de processos de ex-companheiras que alegam que o ator fazia sexo sem camisinha com elas mesmo sabendo ser soropositivo.

Agora, o ator dá um depoimento repleto de arrependimentos em um comercial da marca de camisinhas Lelo. “As pessoas vivem uma crença fantasiosa de que coisas ruins jamais acontecerão com elas. Bom, eu sou a prova de que elas acontecem. Eu acreditava que usar camisinha tirava o prazer”, diz ele durante a propaganda.

Em vários trechos, Sheen diz que sua vida mudou drasticamente desde que descobriu o HIV e afirma que até sua relação com mulheres e fãs foi prejudicada. “As pessoas ainda querem estar comigo, mas tem aquela pequena parte da qual elas não querem fazer parte, e isso pode ser evitado usando camisinha”, afirma.

Mesmo assim, o depoimento de Charlie não foi bem recebido pelo público, que criticou sua participação no comercial nas redes sociais, especialmente por ele não mencionar as alegações das ex-companheiras em nenhum momento. A Lelo, porém, que promoveu uma série de inovações que deixam os preservativos mais seguros e menos incômodos, tem utilizado a imagem de Sheen como uma espécie de embaixador da marca em todo o mundo.

Charlie Sheen dá depoimento arrependido em comercial de camisinhas

Sem mais artigos