A elegância de se vestir bem é uma qualidade que algumas pessoas levam a sério. Entrar em uma festa e sentir olhares de admiração por todos os lados é bom para o ego de qualquer um. Por isso hoje resolvemos jogar nosso charme por aqui e falar sobre o smoking, que é uma peça de estrema elegância no guarda-roupa masculino.

Teve sua origem em 1860, quando o príncipe de Gales, que depois se tornaria o rei Eduardo 7º do Reino Unido, pediu a um célebre alfaiate da Saville Row [a rua dos alfaiates mais tradicionai de Londres], Henry Poole, que criasse um paletó que pudesse substituir a casaca em jantares informais.

O sucesso do traje foi logo reconhecido e o industrial americano James Potter encomendou um igual, o que causou uma certa inveja entre os seus amigos do Tuxedo Park Club. O terno do tipo “smoking” tem como origem os casacos usados em clubes de tabacaria, para que o cheiro dos charutos e cigarros não impregnasse nas outras peças da roupa.

Com sua evolução, passou da informalidade para ser uma peça super sofisticada. Em 1886, os homens usaram o smoking completo pela primeira vez em Nova York.

Confira os famosos em seus trajes elegantes!

Sem mais artigos