A novela A Vida da Gente, da Rede Globo, está passando por uma grande reviravolta. Ana (Fernanda Vasconcellos) acordou do coma após quatro anos e já chamou pela filha Julia e por sua irmã Manu (Marjorie Estiano). Será que Ana vai virar vilã? Será que Manu vai ficar com o Rodrigo (Rafael Cardoso)?

A autora da trama, Lícia Manzo, respondeu a essas e muitas outras dúvidas. De acordo com ela, a vilã da novela é a vida, que nos coloca diante de momentos bem difíceis. “Ana, Manuela e Rodrigo são três personagens íntegros e bem intencionados, mas que vão magoar e machucar uns aos outros, mas não de forma intencional”, explicou.

Ela também diferenciou o amor de Ana e Rodrigo, que é fruto de uma paixão, e o amor verdadeiro de Manuela e Rodrigo, que foi construído com o tempo, com uma parceria de vida, algo mais sólido. “Quem nunca se questionou se quer o brilho da paixão ou a solidez do amor?”, destacou.

Lícia Manzo elogiou o ótimo trabalho da atriz Ana Beatriz Nogueira, principalmente na cena em que Ana volta do coma. “Ela desenhou a Eva com todas as suas ambiguidades. É um personagem difícil de catalogar e definir, mas ela conseguiu representar todas as facetas do personagem”, afirmou, complementando que Fernanda Vasconcellos também conseguiu atuar maravilhosamente bem apenas com o olhar.

Sem mais artigos