Era pra ser só mais uma entrevista da rádio Jovem Pan. A jornalista Rachel Sheherazade, conhecida por expor o seu ponto de vista sobre os problemas do Brasil, foi a convidada do programa, que abordou o tema da redução da maioridade penal.  Até aí, ok…

O problema foi que o entrevistador, apresentador do Pânico Emílio Surita, se contrapôs com veemência à jornalista do SBT, que é a favor da diminuição da maioridade penal para 16 anos, gerando uma baita discussão. O vídeo de parte da entrevista está sendo bastante compartilhado nas redes sociais.

Enquanto Sheherazade defendeu que “o crime é uma questão de escolha” e que “um adolescente do Brasil tem acesso às mesmas informações do que um adolescente na Noruega” (oi?????), Surita confrontou a jornalista, levantando a questão de que essa campanha pela diminuição da maioridade é, na verdade, uma estratégia para ganhar votos:

“‘Menorzinho bandidinho vai para a cadeia’ ganha voto. Assustar a população ganha voto para ‘cacete’.”

O apresentador também questionou a meritocracia, defendida por Sheherazade. “Nesse sistema, só ‘winner’ (vencedor, em português) ganha.” Você pode ver parte da discussão aqui:

https://youtu.be/gM55jRPqnMs

Mas não é a primeira polêmica da jornalista nessa semana. Na última terça-feira (14), Sheherazade compartilhou uma mensagem no Facebook, mostrando sua preocupação com a queda de audiência da sua página na rede social. E sabe a quem ela atribui a culpa?

rachel-sheherazade-1

Óbvio, à presidenta Dilma. É claro que a internet não deixou barato e deu uma “zoada” nas ~teorias conspiratórias~ da âncora do SBT:

Sem mais artigos