O cantor Elton John revelou em entrevista a um programa de televisão norte-americano, nesta quarta-feira (28), que é um milagre ainda estar vivo. “Não queria terminar como Whitney Houston, e eu tive grandes chanaces disso acontecer. Tenho certeza que usei tanta cocaína quanto ela usou”, declarou.

A afirmação veio seis semanas após a morte da veretana, que foi diagnosticada com cocaína em seu corpo, segundo exames toxicológicos feito no corpo da artista.

O inglês ainda comemorou o fato de ter superado o vício em drogas. “Eu não seria a pessoa que sou hoje. Eu não teria Zachary (filho), eu não teria David (marido), eu não teria nada”, desabafou.

As informações são do jornal The Sun, desta quinta-feira (29).

Sem mais artigos