O menino vestido de Darth Vader no anúncio exibido no domingo (05) durante a final do Super Bowl se transformou no grande vencedor da competição e, apesar de não ter visto o Star Wars, acaba de conhecer James Earl Jones, responsável pela voz do grande vilão da saga intergaláctica.

“Meu pai me disse que sou a estrela do momento”, declarou nesta terça-feira (07) à rede CNN o próprio Max Page, um lourinho de seis anos nascido na Califórnia que acaba de chegar a Nova York para percorrer alguns dos sets mais cobiçados da televisão americana.

Page “é o menino que roubou a cena do Super Bowl e o coração dos Estados Unidos”, garantiu nesta terça-feira a rede ABC sobre o pequeno ator, que se transformou da noite para o dia em uma estrela.

O salto à fama ocorreu graças a um anúncio da Volkswagen no qual nem sequer é possível ver seu rosto, já que aparece o tempo todo com as vestimentas e a máscara de Darth Vader, tentando sem sucesso manipular “a Força”, até que finalmente vê o carro de seu pai. 

O anúncio foi o mais comentado e mais visto da Super Bowl, um acontecimento esportivo que, além de ser a final da liga de futebol americano, também é o maior cenário do ano para os anunciantes, que apresentam nessa época suas apostas mais ambiciosas.

Com o minuto custando US$ 3 milhões (R$ 5 milhões), as agências de publicidade sonham em obter o sucesso essa noite e conseguir que o anúncio se transforme no mais comentado e emblemático de uma noite que fez história ao reunir mais de 111 milhões de espectadores, A história de Page comoveu os americanos. O garoto nasceu com problema cardíaco e aos três meses teve implantado um marca-passo.

Na terça-feira à noite o menino foi convidado a ir ao teatro da Broadway para que conhecesse James Earl Jones, a voz de Darth Vader na galáctica saga, em uma pausa em seu périplo pelos sets mais cobiçados da televisão, incluindo American Morning da CNN e Today Show da NBC.

Sua mãe explicava nesta terça-feira que sua intenção não é tornar o menino famoso, que tem certa semelhança física com Anakin Skywalker quando criança – que depois se transforma em Darth Vader -, mas conseguir que aproveite bem a infância.

Medições da empresa Ace Metrix sobre o impacto dos anúncios, o estrelado pelo garoto foi o mais eficaz dos 19 exibidos pelas empresas automobilísticas durante o jogo de domingo.

“Foi um sucesso entre todos os grupos demográficos, com a adequada combinação de simpatia, facilidade de interpretação e ternura”, explicou em comunicado seu executivo-chefe, Peter Daboll, que reconheceu que, após a crise vivida pelo setor automobilístico, este ano “o Super Bowl se transformou claramente na Auto Bowl”.

<object width=”620″ height=”378″><param name=”movie” value=”http://virgula.com.br/furniture/swf/player-video-v210.swf”></param><param name=”allowFullScreen” value=”true”></param><param name=”allowscriptaccess” value=”always”></param><param name=”flashvars” value=”vidID=9316″ ></param><embed src=”http://virgula.com.br/furniture/swf/player-video-v210.swf” type=”application/x-shockwave-flash” allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true” width=”620″ height=”378″ flashvars=”vidID=9316″></embed></object>


Criança vestida de Darth Vader em anúncio do Super Bowl vira celebridade

Sem mais artigos