Daniel de Oliveira comentou seus projetos de trabalho na TV e no cinema que tem realizado, em entrevista para a revista Status, deste mês de agosto. Longe das novelas desde Passione (2010), hoje ele analisa melhor os convites que recebe.

“Eu não sou contratado da Globo, então, posso ver o que o coração manda, o que está na veia. Nesse sentido, isso pode ser considerado um luxo. Meu acordo com a Globo é por projeto, é um papo mais real. Quando tem um convite, eu analiso e vamos jogando com isso. Na TV, as minisséries são melhores, pois o tempo é mais curto e permite outros projetos em paralelo”, contou o ator.

Aos 36 anos, ele evita ser visto como o bonitão das telinhas: “Há tantos galãs que deixo isso para eles, vou no meu caminho mesmo. Tem gente que me acha bonito, mas tem gente que não me acha. Não penso nisso mesmo. Até porque as mulheres estão aí e não somos nós que as escolhemos, elas é que nos escolhem”.

Além da vida profissional, Daniel também comentou sua relação com os filhos Raul e Moisés, de seu antigo casamento com atriz Vanessa Giácomo: “Mesmo com a separação, mantenho minha relação com meus filhos muito forte. A relação com a Vanessa é tão boa, está tudo certo e claro que é só amor, então, estou em paz”.

Sem mais artigos